O imperador está nu

Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar, é um dos livros da minha vida. Há nas notas da autora uma citação de Flaubert (Os deuses não existindo mais e o Cristo não existindo ainda, houve, de Cícero a Marco Aurélio, um momento único, em que só existiu o homem) que inclusive me ajudou a escolher o período histórico em que se passaria meu primeiro romance, além da Segunda Revolta Judaica ter ocorrido no governo de Adriano. Abaixo vocês podem assistir ao Quixotada que dediquei a esta obra-prima.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s